31 janeiro 2012

hope- who am i to say

11 comentários.
porque há momentos que nem mesmo o tempo apaga, há momentos que perduram e ficam marcados no coração, que a mágoa nunca mandará embora, que deixam saudade e fazem chorar. momentos esses que nunca mais voltarão atrás, mas nós sonhadores, pedimos aos céus que tal aconteça. berramos e imploramos preces que até hoje nunca foram ouvidas. momentos passados que apenas ficam na memória, materializados em fotografias, vídeos, sítios e são esses bens materiais que fazemos questão de preservar com todo o carinho que ainda nos resta, na esperança que um dia mais tarde, já velhinhos possamos mostrar aos nossos netos e contar a história que cada um de nós melhor sabe relatar. contá-la com saudade e pena de não ter aproveitado na altura, de por orgulho ter desperdiçado oportunidades e nos ter privado de fazer tudo aquilo que gostariamos. todos nós sentiremos isso alguma vez, é impossível escapar ao arrependimento e eu ainda hoje sei que estou a errar em não desfrutar daquilo que ela tem para me dar. mas quem já cresceu, sabe que também há coisas que são impossíveis esquecer, que há certas "arestas que enquanto não forem limadas" nada do que está à volta, resultará mas os mais entendedores sabem que o amor sempre ultrapassou todas as barreiras.

28 janeiro 2012

dia 11- o teu lema de vida.

42 comentários.
« depois da tempestade, vem a bonança. » (stuart little)
Tumblr_lxn08s0hb11r82a79o1_500_large
por mais longa que seja a noite, o sol volta sempre a brilhar.
esta foi uma das lições que a vida me deu e para mim, é a mais sábia de todas. vão-me dizer que o sofrimento dura para sempre ? que a dor de uma amizade ter acabado mal te perseguirá o resto da vida ? que um amor perdido nunca será esquecido ? o tempo cura tudo minha gente, as pessoas são substituíveis e muito mais facilmente do que pensamos, e com pessoas novas, vêm sorrisos e momentos inesqueciveis, tais como as que se foram embora deixaram. toda a gente marca, mas ninguém merece o nosso sofrimento. por isso, não te deixes ir abaixo, pensa que tudo se resolverá, pois quando tiveres 50 anos de certeza que não sofrerás pelo que te deixa mal agora. sorrir é meio caminho andado para a felicidade.
espero ter ajudado muita gente*

22 janeiro 2012

21 comentários.
Tumblr_ls5bm9ehqg1qk7ynro1_500_large_large
oh miuda, o que já ultrapassamos juntas não se esquece e é por ainda nos mantermos unidas, que sei que és a tal. acredita que nunca te deixo e espero que tomes a decisão acertada. tem cuidado e mantém o pé atrás. estou à tua espera, minha menina, protejo-te com tudo.
e tu, ainda tens dúvidas que és a melhor do mundo ?

16 janeiro 2012

16 comentários.
 acredita que gosto imenso de ti, mas há certas alturas, que desconfio daquilo que tu sentes. talvez por me queimares, por tocares no meu nome quando eu não toco no teu. 
não demonstro mas sempre tive uma admiração muito grande por ti miúda, mas agora, estou triste, mesmo muito triste, com o que o aconteceu. nem sequer sei o que pensar, ou como ficar em relação a ti. é que estou tão magoada, mas tão magoada, que tu não tens bem a noção.
e também não vou pedir desculpa pelo sucedido de hoje, não me arrependo minimamente. tinha de esclarecê-lo contigo.
tenho pena é que só demonstres no final e tenho pena que eu nem no final consiga demonstrar.

15 janeiro 2012

35 comentários.
porque mesmo te conhecendo à relativamente pouco tempo, já te tornaste no meu dia-a-dia. já partilhaste um pouco de ti e eu um bocadinho de mim e já preencheste um lugar no meu coração que facilmente não desaparecerá. posso não demonstrar isto, mas admiro muito a tua força e a forma bondosa como cuidas das pessoas. podes sentir-te inferior em relação a muito gente e por vezes até sentires que o mundo se virou contra ti, mas uma coisa é certa .. nunca farei parte desse mundo. nunca te apontarei o dedo e já te dei provas disso, pois conheço a tua história e isso apenas serviu para te admirar ainda mais. acho-te uma rapariga linda e cheia de energia, logo, quando olhares para as outras lembra-te de mim, lembra-te que elas não têm ninguém que te proteja como eu.
ah, e aquelas horas imensas que passo todas as manhã contigo ? passam a correr ! e sempre que chego à sala e não te encontro lá, pergunto em alto e bom som, ''a ju ?'' pois não consigo imaginar as minhas aulas sem ti, afinal, já não consigo imaginar isto sem as nossas cusquices, as nossas badalhoquices e abandalhos com as outras.
por isso, nunca te esqueças, tenho um carinho muito especial pela menina que és hoje*

13 janeiro 2012

23 comentários.

todos os dias penso nas coisas que te quero dizer, e na verdade, até planeio tudo, na minha cabeça. mas no momento em que te vejo, o meu coração pára, as borboletas aparecem e o sorriso não gosta de ir embora e tudo aquilo que eu pretendia dizer, apenas consegue ser mostrado com o brilho que deixas nos meus olhos. por vezes tento dizê-lo, como hoje em que admitiste eu estar a ser fofa, só que, chego a casa e a felicidade é tanta que me faz sentir que tu não tens noção do quanto contente me deixas. chega a um ponto em que me tira a fome e até mesmo o sono. em que grito e salto de euforia e há certos momentos em que, quando desligas a chamada e vais para o treino, eu me deito na cama, de olhos fechados, a ouvir "somos um" e penso no que já passamos em quase 7 meses e percebo que nunca tive amizade como esta. que quando achava que certos rapazes faziam muito por mim, desconhecia do que falava. agora não, agora percebo que devo ser das melhores pessoas à face da terra, não digo isto por ser convencida mas sim por ter alguém que nunca ninguém teve. por um menino, cheio de qualidades, se ter apaixonado loucamente por mim, no meio de tantas miúdas. são coisas que posso não demonstrar terem valor, mas são pormenores deste género que me fazem erguer a cabeça todos os dias. por isso, miúdo, quando em alturas menos boas eu tripar contigo, ou até mesmo errar em relação a ti, lembra-te que não é por mal, pois eu amo-te e nunca será minha intenção magoar-te. e guarda para sempre este texto e quando às vezes eu te deitar abaixo por algum motivo disparatado, lê-o e vais entender que tenho o coração despedaçado por te ter feito sofrer.
e agora, agarro-me à camisola que tem o teu cheiro, na esperança, que esta saudade desapareça e que como por milagre, olhe para o lado e receba um beijinho teu, com aquele cuidado com que tu sabes dar e um "amo-te" sussurrado no meu ouvido. e como que por magia o meu sorriso voltou a aparecer e desta vez trouxe umas lágrimas de felicidade com ele. é que quando eu choro, não é por me ter magoado ou estar triste com algo, mas sim por saber que quem eu quero, quem me faria sentir a melhor não está lá para me limpar as lágrimas, para me dar um xi ou até mesmo para estar apenas sentado a meu lado. pois haverá sempre alguém, que mesmo calado, a sua presença te deixará o coração a mil e esse alguém és tu. porque na minha vida, és só tu e tudo se baseia em ti. todos os minutos são passados contigo, todas as minhas ações são feitas a pensar em ti e mesmo estando com outras pessoas não te preste tanta atenção, eu estou a pensar em ti. logo, nunca duvides disto que eu sinto, pois não o demonstrando, eu amo-te com todas as minhas forças e só te peço que te orgulhes de ti mesmo, porque meninos como tu são raros e porque só tu é que me conseguiste trazer de novo à vida, só tu me conseguiste trazer de volta o sorriso que tanto gostas e como tal nunca mudes, pois se nunca mudares eu juro do coração fazer-te mais textos nitos e big's como este.
só mais uma coisa, somos um, para todo o sempre meu pequeno.
u.

04 janeiro 2012

28 comentários.
sabes bem o significado, baby boy.

01 janeiro 2012

fucking perfect

30 comentários.

409327_352410651441841_100000187274665_1695553_1559467231_n_large
há dias em que uma pessoa pensa e repensa nos momentos passados. nas horas gastas e nas aproveitadas também. nas pessoas incaraceterizaveis, nos objetos insignificantes de outrora, nas noites não dormidas, nos dias de mau tempo. nos segredos compartilhados, nas memórias guardadas, nos orgulhos sentidos e até nas desilusões choradas. há dias em que aqueles que entraram nos preenchem o pensamento e os que sairam relembram a saudade. em que o verão que me deixaste faz questão de não me sair da cabeça. até gosto .. sorrio sempre quando o relembro. quando os nossos desabafos me vêm à memória. as nossas idas à praia, à feira medieval, à casa uma da outra, as mensagens trocadas, as opiniões, os conselhos. e ainda hoje tenho tudo isso, tal e qual como antigamente e nada me dá mais prazer que te mandar uma mensagem ou receber uma tua. do que ir ter contigo nos intervalos ou esperar  a sexta-feira para almoçarmos juntas. esquecer os meus problemas para pôr os teus em primeiro ou pôr um sorriso na cara, mostrando-te que está tudo bem, quando aquilo que mais quero é chorar.
sei que estás sempre aqui para mim, mesmo não estanto sempre a trocar mensagens, ambas sabemos que somos o pilar uma da outra e que juntas aguentamos tudo. carinho que eu sinto por ti é raro e mesmo que não o demonstre constantemente com textos bonitos, ninguém o conhece melhor que tu, pois sei que sentes o mesmo.
não vou agradecer, porque sei que não gostas, mas que fique bem claro que nada do que está aqui escrito demonstra algo do que eu sinto cá dentro.
« you're the best for me. you're fucking perfect to me. »

ps: obviamente que o meu primeiro post de 2012 tinha de ser para ti,