26 junho 2012

s(ol)ummer

3 comentários.
e tu nem sabes as saudades que eu já tinha disto. não imaginas o quanto eu desejava que a escola nunca tivesse começado e que aquele nosso verão tivesse durado para sempre. a culpa disso foi minha, admito e peço imensas desculpas. mas o que lá vai lá vai e eu agora, só quero recuperá-lo.
amo-te

07 junho 2012

e foi assim..

8 comentários.
e foi assim.. foi nisto que tudo se tornou. quem me dera que tivesse sido diferente, aliás, faria tudo para que tivesse sido. implorava a quem quer que fosse que mudasse aquilo que é hoje e pedia que me fizesse voltar uns dois aninhos atrás, obviamente com o meu menino. sim, porque é ele que me faz estar aqui. é ele o único que me dá momentos altos no dia. enquanto a maior parte das adolescentes se lamenta das suas relações perdidas, eu lamento-me de não o ter aproveitado mais cedo. porque tudo o resto foi embora, menos ele. todas as pessoas que me pareciam maravilhosas, tornaram-se o oposto. e mesmo aquelas de quem não tenho opinião, não conseguem vir a ser mais para mim. talvez porque não deixo, ou talvez porque não quero. não quero mais gente que um dia irá embora na minha vida. só quero pessoas que valham a pena e que mudem isto. quero pessoas que estejam sempre comigo e me façam voltar a acreditar na magia, de que tanta gente fala, da amizade. quero pessoas maravilhosas, como ele é para mim, e por mais que procure, essas pessoas um dia mais tarde magoam muito. não digo que mudam, mas mostram aquilo que desconhecíamos, porque mesmo toda a gente tendo defeitos, há uns mais fáceis de lidar e mais compatíveis com os nossos. e infelizmente, todas aquelas pessoas que eu adoro, estão longe.
pergunto-me agora, porque é que as coisas foram assim ? porque não aparece ninguém que mude a minha vida e fique para sempre e da mesma forma ?