28 fevereiro 2012

este texto será diferente. não atirarei nada à cara de ninguém, não guardarei ressentimentos, nem alimentarei esperanças,  não desta vez. se haverá uma próxima ? possivelmente, somos da mesma turma e nenhum de nós é de ferro. caíremos na tentação e de certo que tu não aguentarás com a tua palavra até ao fim, mas independentemente de tudo, acho que ambos percebemos que não dá para continuar e que por isso, esta foi a melhor decisão. tanto eu como tu nos amamos, é verdade, mas isso passa e se não passar, qual é o problema ? prefiro guardar-te na minha memória, tal e qual como estás agora. um menino mudado, que me entrega desenhos enormes e se oferece para tudo, do que como te guardei da primeira e segunda vez que acabamos. queria apenas pedir-te desculpa por todos os erros que cometi e as vezes que te falei torto sem tu mereces, de facto. perdoa-me também, por esta espera imensa que te fiz passar e pela facada que levaste. já agora um obrigada enorme por me teres dado três meses de amizade incríveis que nunca mais esquecerei e pelos dias especiais que tivemos. agradeço-te por teres caído na realidade e mostrares esse menino impecável que és mais vezes.  por teres mostrado que me amavas e teres aguentado o imaginável.
sei que encontrarás uma menina extraordinária, um dia. se calhar até mais próximo do que espero e não vou negar, terei ciúmes, terei sempre por saber que o meu lugar foi ocupado e já não me olharás com aquele brilho nos olhos como fazes agora. dar-te-ei as maiores felicidades e ficarei imensamente contente por ti. olharei sempre para vocês de uma maneira diferente como é óbvio, terei sempre pena por não ser eu, pois tu, és e sempre serás tu. aquele rapazinho com quem eu cresci, que mais tempo perdurou no meu coração e mais me fez feliz. logo, mesmo que seja uma partida, eu guardar te-ei para sempre no meu coração, com aquele lugarzinho e carinho que nunca ninguém, algum dia irá ocupar. seguiremos com as nossas vidas, arranjarei outro, certamente mas tu permanecerás intocável. pergunto-me se um dia mais tarde nos encontraremos, novamente, e se tu, que ainda passado um ano e tal dizes saber tudo, conhecerás o nosso destino (?) bem, também não interessa, o que virá, virá.
vê-se tomas bem conta de ti e promete-me que nunca te vais esquecer da nossa história, pois eu nunca te apagarei. deixa as coisas que te fazem mal e dedica-te mais.
serás sempre o meu pequeno*

5 comentários:

Brielle disse...

que bonito!

Lєтıs '' disse...

Adorei tanto este post ;o nota-se que foi escrito com o coração e com a maior sinceridade. E espero que a vossa história seja como as dos filmes, que mesmo passado meses e até anos, quando se reencontram sentem sempre aquela "chama" *.* mas pronto, eu sou uma romantica incurável xb

ParadoxoSD disse...

gostei msmo muito do texto. e força para superares isso. e seria tao bom se voces os dois um dia voltassem a ser grandes amigos*

beatrizpereira disse...

lindo.

beatrizpereira disse...

lindo.