14 abril 2012

13/04

« sim, não são só as raparigas que sonham com o seu príncipe encantado, os rapazes também têm uma mulher de sonho desde pequenos, sonham viver com ela, ir às compras com ela, fazer tudo com ela, tudo o que vemos os nossos pais a fazer. eu nunca fui de esperar que essa princesa viesse ter comigo, era eu que ia sempre atrás dela, procurava, procurava, e por duas vezes achava que a tinha encontrado mas era sempre mais um erro que me fazia desistir dessa menina perfeita para mim. apesar de ter sofrido com esses erros, ergui a cabeça, segui em frente, e encontrei outra, que aprecia ter os meus ideais, mas deixei de acreditar nisso muito rapidamente, e foi aí que eu comecei a pensar que a mulher dos meus sonhos não existia, era um mero sonho impossível de se concretizar. mas acham que eu deixei de falar para aquela menina que no princípio achava que era perfeita para mim ? claro que não, falava sempre com ela mas só a via como uma amiga, mas a panca que em tempos tinha por ela continuava presente em mim. eu perguntava-me "como é que é possível alguém ter tanta beleza ?". eu ficava colado em ti, nas tuas fotos, e não percebia aquilo, não gostava de ti, mas fogo.. eras tão linda. tinhas tudo, eras linda, pegavas, brincavas comigo e ainda por cima eu sabia se algum dia tivesse algo contigo tu ias amuar, eras tão fixe miúda, eu curtia-te totil, acredita. mas eu tinha qualquer coisa que queria mais, mais e mais de ti, queria que fosses a minha princesa, e cada vez que dizias para estar contigo, eu não pensava, dizia logo que sim, oh, e adorava estar contigo. tu, tu não te calavas um segundo, sempre a falar, e eu, eu olhava para ti e admirava-te tanto, eras estranho, nunca tinha sentido aquilo por ninguém, tinha uma panca tão grande por ti. e adorava outra coisa em ti, quando era para falar a sério, não brincavas. e olha, quando tu estavas mal, eu ficava mesmo triste e só queria ir ter contigo para tu ficares bem, e num dia, no teu segundo dia de aulas, estavas mesmo mal, e como era habitual, quando estavas mal, eu estava triste e queria poder ajudar-te. e não é que ajudei mesmo, tu pediste para eu estar contigo e eu nem hesitei, disse logo que sim. tu, eu lembro-me, estavas feliz, estavas com um sorriso tão linda, tinhas todos os ideais da minha menina perfeita. gostei tanto desse dia, sabes porquê ? porque esse dia foi o que nos lançou para o próximo e assim sucessivamente, sempre juntos, todos os dias, e eu comecei a gostar tanto de ti, estava apaixonado. um dia não aguentei mais e tive de tocar nesses teus lábios, esses teus lábios que eram tão lindos, e a partir desse dia nunca mais te larguei e nunca mais te vou largar. com isto aprendi a não desistir pois foi por não desistir que finalmente encontrei a minha princesinha, a mulher dos meus sonhos.
lembra-te de uma coisa, no meu coração quem mora és tu e somente tu. 
amote muito minha menina linda. »

13/04/12, boy*

5 comentários:

joana. disse...

que fofos :c

paula. disse...

oh meu deus! que texto lindo! sê muito feliz, fofinha <3

beatrizpereira disse...

adorei.

inês disse...

Oh, que coisa doce! Fiquei emocionada com o texto, está mesmo perfeito!

fcosta disse...

lindo lindo lindo. muita sorte que tu tens :)