06 março 2012

dia 22- algo que costumavas fazer/dizer/pensar quando eras criança.

eu quando era pequena, pensava que os gémeos verdadeiros existiam porque Deus, não tinha tido imaginação para criar mais caras.

12 comentários:

' dianasilva disse...

a sério princesa? :o Mas tu ainda vives com ele certo ?
Ahahahah, adorei Deus podia não ter imaginação mas tu tinhas muita para pensares numa coisa destas (:

Inês disse...

Eles vão permanecer do teu lado durante muito, muito tempo, vais ver! É tão bom tê-los sempre por perto *.* Eu infelizmente estou longe dos meus, daí saber dar valor à presença deles sempre que eles estão por perto!
Em relação ao post, adorei! Tu de facto desde pequenina que és uma menina maravilhosa com uma enorme imaginação :)

' dianasilva disse...

é estranho, um pai devia ser aquele que nos devia apoiar independentemente de sermos como somos, independentemente de sermos gordas, feias, burras, sem jeito para nada. Devia ser a pessoa que quando tivéssemos tristes nos mante-se a auto estima em cima e não fazer como o teu pai fez. Um pai é isso, um protector e um professor para nos tornar em pessoas melhores, mas antes disso um pai é uma pessoa que um dia foi como nos logo tem de ter a noção que aquilo que somos e sonhamos é para ser realizado e para sermos felizes temos de lutar por tudo e não proibirem-nos daquilo que queremos. (é o que acho)
Mas adorei mesmo original.

' dianasilva disse...

Não estas nada princesa, tu estás a pedir aquilo que é do papel de alguem que é pai. Tu apenas estas fazer o teu papel ser uma filha que precisa do pai :c

Inês disse...

Dos meus avós paternos já só tenho a minha avó. O meu avô faleceu, e infelizmente, não cheguei a conhecê-lo. Do lado materno é que ainda tenho os dois. Mas como não estou em Portugal, não estou com eles tanto quanto gostaria. Mas ainda assim, mantemos uma óptima relação e espero que estejam comigo durante muito tempo!
Ora essa, não tens de quê ;)

Joana. ou Alice. disse...

Muito obrigada linda <3

beatrizpereira disse...

adorei o:

joana. disse...

aii que fofa !!!

Inês disse...

Estou no Luxemburgo, meu amor :)

Inês disse...

Não é que eu não goste, mas é completamente diferente daquilo a que estava habituada. Embora tenha melhor qualidade de vida, não compensa. Estou longe de toda a minha família. Quando vim para cá, tinha 5 anos. O meu pai já cá estava e depois eu vim ter com ele mais a minha mãe e o meu irmão. Naquela altura não sabemos pensar bem as coisas. Se fosse hoje, pensava duas vezes se vinha ou não. Não é que eu não goste, mas é super complicado estar das pessoas de quem mais gostamos.

Lєтıs '' disse...

Adorei o post, nunca tinha pensado nisso dessa forma xb

' dianasilva disse...

Ainda bem que gostas-te, obrigada *