09 outubro 2011

#13 Carta para alguém que gostavas que te perdoasse

podíamos ter tudo o que quiséssemos. a melhor amizade alguma vez vista. juntas seríamos imbatíveis. mas aos poucos tudo se perdeu. sinto-me mal sim, por vezes torna-se difícil respirar e poder sair de casa com a cabeça erguida. até o céu alcançaríamos mas no verão passado eu cometi asneira. concentrei-me no que sabia que mais tarde perderia e perdi ambos. agora que penso nisso, fui eu que deixei que ela entrasse mas confiava em ti, demasiado, para esperar que lhe fechasses a porta. admiti o erro, emendei, não chegou. podes ficar com tudo o que é meu, tudo o que eu sou te pertence e te ficará agradecido por tornares o meu 'eu' num 'eu' melhor. mesmo que agora seja diferente, um adeus nunca será. por muito orgulhosa que seja/ esteja, mais tarde isto passará. apenas o silêncio tenho para te dar, não sei como mais apagar o que te fiz. pedir desculpa não é o meu forte mas por dentro o meu coração grita por um perdão. quanto mais perto estamos, mais rápido nos afastamos. as cicatrizes ficam e as que fizemos uma à outra parece que não gostam de ir embora. lamento o que se passou connosco, parece que não temos outra escolha. nada mais me resta para te dar, porque te amo como ninguém te poderá amar. desejei-te de uma forma doentia que acabou por nos dar o pior final que gostaria que tivesse. se a queres a ela, não te prendas por mim. percebo e apoio. julgar-te é algo que não posso fazer, ninguém pode aliás e por isso mesmo, deixo-te todas as portas abertas, todos os caminhos para percorreres livremente, sem ninguém te impedir. apenas eu o farei, quando achar que estás a caminhar pelo errado. quebramos tudo o que construímos e infelizmente força para criar novamente um 'nós' é algo que não nos assiste muito neste momento. por isso, peço-te que fiques bem e tenhas o melhor que o mundo te pode dar.
alguma coisa, eu estou aqui.
amo-te.

9 comentários:

soraiafontes disse...

és só das melhores pessoas que há no mundo. só, madalena.

sarasoares disse...

obrigada , ainda bem que gostas :)
sigo :)

Christian V. Louis disse...

É muito triste uma amizade afastada, eu bem sei. Também estou neste desafio de cartas, mas posto somente aos domingos, acompanharei as tuas. Sigo teu blogue.

filipa disse...

obrigada querida.
eu também ADORO o teu ! tá lindo e muito querido

joana. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sofiabranco. disse...

obrigado, fofinha. eu também sigo*

- andreia pereira . disse...

obrigada , também sigo, adorei o teu blog :)

filipa disse...

obrigada querida. *

Azul do Mar disse...

Este blog é profundo. Adorei, isto sendo o mais sincera possível :)