21 agosto 2011

life is life.
 
a vida é dura, são muitos que os que o dizem, muitos os que o sabem e raros aqueles que estão preparados. com o tempo perceberás que nem todos os teus esforços serão valorizados. haverá alturas em que te sentirás ridícula, incapacitada e julgada por tudo e todos. verás que nem todos os teus sonhos serão realizados e que a vida, que possivelmente idealizaste em criança, não será nem tão pouco parecida. perceberás que as pessoas não mudam, revelam-se e adaptam-se aos vários momentos que enfrentam. observarás a coisa mais insignificante, enquanto aquilo que está à frente dos teus olhos te passará ao lado. odiarás os que não cumprem as promessas e no entanto tu também não cumprirás as tuas. haverá uma música especial que te dará toda a felicidade que algum dia desejaste, enquanto o teu mundo ruiu e por outro lado, outra te deixará a pessoa mais infeliz, mesmo que tenhas a tal 'vida perfeita'. com o passar dos anos aprenderás mais do que a escola algum dia te poderá ensinar. vais chorar sem sequer saberes a razão e sorrir quando tudo o que queres é desaparecer. a cada minuto ficamos mais velhos e nem nos apercebemos, daí a tua família ser essencial e mesmo que agora não o entendas, daqui a uns aninhos sentirás que sem eles, nada te consolará. porás as mãos no fogo, apenas por aqueles que realmente te amam, ou seja, os teus familiares e todos os movimentos que fizeres serão apenas por eles e só eles. vais tornar-te desconfiado/a devido à mágoa que todo o ser humano que passou na vida te deixou. sim, porque toda a gente deixa uma marca, quer queiras quer não. mesmo que digas ao mundo que aqueles que se foram é porque são insignificantes, todos saberão que por trás dessas palavras não haverá mais tristeza por tê-los visto partir. ficaria bem dizer que quando tivesses um dia mau para não lhe falares mas .. fala-lhe, sorri-lhe, dá-lhe tudo ! porque mesmo que seja duro, mesmo que te sintas a pessoa mais pequena do mundo, será nessas 24 horas que verás realmente a força que tens. é com os erros que aprendemos, por isso não temas. arrisca. não controlamos a vida, não depende só de nós que seja perfeita, por isso, quando algo correr pelo pior, não desanimes. há sempre alguém com um problema mais difícil. a tua vida é como tu a quiseres viver. depois disto tudo, pára. olha à tua volta. que vês ? eu cá, vejo a vida que quero viver. chamar-lhe perfeita, não posso.
é que não há vidas perfeitas.

2 comentários:

fcosta disse...

sim sigo, porque gosto! nao sigo as pessoas pq me pedem. mas sim, é um facto que gostei do teu blog :)

SofiaSilva. disse...

mil obrigadas! :)