19 setembro 2011

gosto de muita coisa sabias ? de quando me levas e vais buscar a casa, fazendo-me todas as vontades. da atenção que me dás e o facto de conseguires fazer duas coisas ao mesmo tempo, ler o jornal e ouvir tudo o que te digo. vivo com medo do que possas vir a ser para mim, tens tudo a teu favor. tens o meu estilo ideal e irritas-me sempre no bom sentido, parando quando sabes que a brincadeira está a ir longe de mais. mexes-me no cabelo como se o medo de me perder fosse maior e olhas-me nos olhos, ouvindo-me como eu sempre sonhei que fizessem. dás-te com os meus amigos, nunca me obrigando a enfrentar os teus, abdicas de sonhos por mim. adoro quando me metes do lado de dentro do passeio e me agarras na mão quando atravessamos a estrada, da preocupação que tens sobre mim. as tuas danças quando me dedicas golos e as músicas que me mostras. de me ligares quando sabes que estou mal e de vires atrás de mim quando amuei sem motivo. necessito de te ouvir dizer que tens medo de um dia me ver fumar, como se odiasses tanto isso como eu. adoro a tua panca pela roupa e a forma como me dás valor. tens tudo o que quis, medo de quê então ?

5 comentários:

joanarocha disse...

gostei (:

Su disse...

gostei *

Su disse...

o medo faz parte, quando gostamos mesmo de alguém nao conseguimos que o medo nao permaneça.

joanarocha disse...

eu gostei querida (:
e muito obrigada <3

soraiafontes disse...

http://27.media.tumblr.com/tumblr_ls0aqaFvVw1qefv5do1_500.jpg