04 setembro 2011

um dia

Tumblr_lqia0jez3r1qij2kuo1_500_large
um dia caminharei no meio de nenhures, sem destino ou direcção. viajarei apenas com uma mochila às costas dormindo ao relento. perguntarei as horas só mesmo para meter conversa com um estranho solitário. haverá um dia em que me sentarei no banco de jardim, apenas pela descoberta, ouvindo cada passo, cada conversa. um dia sairei de casa sem telemóvel e visitarei todos os meus amigos, só para lhes dizer um olá. entrarei numa discoteca sem autorização e irei à praia de noite e a chover. um dia sentirei a sensação de estar no palco com o mundo a olhar para mim. de entrar num estádio e percorrer a pista à velocidade da luz. um dia irei comprar um cavalo e passar a noite a admirar as estrelas numa pradaria. um dia atirar-me-ei duma prancha para a piscina, tirarei o curso de fotografia e mergulho. um dia percorrerei o mundo de um lado ao outro. um dia escalarei uma montanha e ficarei lá em cima até ver o pôr-do-sol. um dia comprarei um vestido de noiva apenas porque sim. darei um beijo a meio de uma frase e gastarei dinheiro com essa pessoa. terei uma casa á beira do mar, com um golden. farei uma luta de almofadas e espuma de barbear. vou tomar banho completamente vestida e andar na maior montanha russa do mundo. haverá um dia em que gritarei no meio da rua, só porque tive um ataque de nervos e comprar um chicla enquanto dou uma nota de 100. comprarei bilhete para um filme e mudarei de sala até ver todos os que queria. um dia cantarei uma música do ínicio ao fim, alto e bom som em plena baixa. falarei umas 5 línguas e tocarei uns 5 instrumentos. tirarei um curso e ficarei deitada à chuva simplesmente porque me apetece. ficarei em casa a ver filmes e comer filipinos, enquanto chove lá fora. um dia correrei sem ter motivo e sentar-me-ei no chão apenas por tar cansada. escreverei um livro e farei uma sessão fotográfica. partirei um copo só pelo prazer de ouvir os cacos a cair no chão e ligarei a um número qualquer apenas para perguntar como está. farei trabalho voluntário e ajudarei um necessitado a atravessar a rua. um dia darei asas à minha imaginação e cometerei as maiores loucuras. ignorando finalmente o que os outros me dizem. um dia tirarei esse dia apenas para mim e tudo o resto será secundário. um dia serei egoísta, vou fazê-lo por mim.

6 comentários:

joanarocha disse...

está completamente fantástico *-*

Sara disse...

gostei tanto lena

ms ☮ disse...

obrigada (:
admiro tanto essa tua atitude. a sério, aprendi tanto com a vida, menos a esquecer alguém que amo. mas às vezes o sentimento vai e vem, e já nem sei o que fazer. ele agora tem a sua namorada e parece que é o 'amor da vida dele', e pelo que me transmite isto é que eu dei-lhe tudo o que tinha, lutei para que a nossa relação fosse estável, mas para ele não foi o suficiente, olha o que me apetecia dizer-lhe era: meu querido, eu não sou perfeito, ninguém é. mas não digo, porque estou mesmo disposta a esquece-lo de uma vez por todas.
obrigada por todo o apoio, tens sigo uma grande ajuda. força querida* espero que encontre alguém que te ame como tu mereces, sim porque tu mereces ser amada com respeito e sinceridade (;

beijo
ps- desculpa só te responder agora, mas estive de férias e não arranjei nenhum computador para responder aos comentários.

joanarocha disse...

obrigada eu, muito <3

manuela ☮ disse...

pois, eu antes tinha a certeza que isso não ia acontecer. mas com a vontade que tenho, vou-o esquecer. já o eliminei de amizade no fb (;
eu antes deixei que brincassem com os meus sentimentos, mas deixei mesmo, brincaram e partiram o meu coração vezes sem quanta... mas agora graças a isso tornei-me bastante mais forte, acredita.
então diz ao pedro: lá por ter acabado contigo não quer dizer que não goste de ti, apenas fiz o que achei melhor para os dois.
enfim -.- rapazes assim, existem tantos na terra infelizmente ...
obrigada por tudo querida * (:

Anónimo disse...

adoro lena!